Média ou Alta Complexidade Hospitalar

Aqui você encontrará informações sobre a distribuição dos estabelecimentos de saúde que oferecem serviços de média e alta complexidade ambulatorial, segundo definições contidas no Sistema de Informações Hospitalares do SUS (SIH-SUS).

Filtros

Quantidade de Estabelecimentos por Esfera Administrativa

Esfera Administrativa Quantidade de Estabelecimentos Proporção
Pública
Federal 106 1,31%
Estadual 706 8,70%
Municipal 3.013 37,13%
Subtotal 3.825 47,14%
Privada 4.289 52,86%
Total 8.114

Postos de Trabalho por Escolaridade e Ocupação

Nível de Escolaridade Ocupação Postos de Trabalho Proporção
Superior
Assistentes sociais 11.269 0,91%
Biólogos 2.976 0,24%
Biomédicos 2.666 0,21%
Enfermeiros 121.149 9,75%
Farmacêuticos 19.313 1,55%
Fisioterapeutas 25.955 2,09%
Fonoaudiólogos 5.140 0,41%
Médicos 529.673 42,62%
Médicos veterinários 97 0,01%
Nutricionistas 11.264 0,91%
Odontólogos 11.474 0,92%
Profissionais de educação física 306 0,02%
Psicólogos 10.581 0,85%
Terapeutas ocupacionais 2.838 0,23%
Técnico
Técnicos de Enfermagem 262.410 21,12%
Técnicos em Patologia Clínica 10.309 0,83%
Técnicos em Radiologia 22.448 1,81%
Técnicos em Saúde Bucal 455 0,04%
Técnicos em Segurança do Trabalho 721 0,06%
Elementar
Agentes Comunitários de Saúde 1.114 0,09%
Agentes de Combate às Endemias 377 0,03%
Auxiliares de Enfermagem 189.328 15,23%
Auxiliares em Saúde Bucal 871 0,07%
Total
1.242.734

Perguntas frequentes

  • Número de estabelecimentos.
  • Esfera administrativa: Federal, Estadual, Municipal ou Privado.
  • Postos de trabalho dos estabelecimentos.
  • Todas as informações estão disponíveis para Brasil, por Região do País, por Estado, por Município, por região de saúde e por estabelecimento.

Para pesquisas sobre estabelecimentos de Saúde, esta Plataforma utiliza como fonte as bases de dados do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) foi instituído pela Portaria MS/SAS nº 376, de 03 de outubro de 2000.

O CNES tem como objetivo cadastrar todos os estabelecimentos de saúde, hospitalares e ambulatoriais, componentes da rede pública e privada, existentes no país, e manter atualizados os bancos de dados nas bases locais e federal, visando subsidiar os gestores na implementação das políticas de saúde, importantíssimo para áreas de planejamento, regulação, avaliação, controle, auditoria e de ensino/pesquisa.

Programas