Dados de Migração

A Residência em Medicina, de acordo com do Decreto Nº 80.281/1977, constitui modalidade do ensino de pós-graduação destinada a médicos, sob a forma de curso de especialização, caracterizada por treinamento em serviço, em regime de dedicação exclusiva, funcionando em Instituições de saúde, universitárias ou não, sob a orientação de profissionais médicos de elevada qualificação ética e profissional.

Aqui você encontrará informações sobre a distribuição dos programas de Residência em Medicina em funcionamento no país.

(Fonte: CNRM/MEC - 2014)
9,18%

30.222,02
18,81%

66.166,13
0,12%

106,68
9,63%

30.045,19

Ocupações

A C D E G H I M N O P R S T U - TODAS
192.735
Centro-Oeste Nordeste Norte Sudeste Sul
Permaneceram no mesmo
lugar durante
Graduação/Residência/Atuação
1374 (0,71%) 3520 (1,83%) 262 (0,14%) 78037 (40,49%) 5266 (2,73%)
Permaneceu no mesmo
lugar durante
Residência
3204 (1,66%) 3725 (1,93%) 284 (0,15%) 168536 (87,44%) 5481 (2,84%)
Pessoas que foram
para uma terceira região
após a Residência
78 (0,04%) 305 (0,16%) 382 (0,20%) 237 (0,12%) 159 (0,08%)
Pessoas que voltaram
para a sua região de origem
1777 (0,92%) 5536 (2,87%) 579 (0,30%) 78493 (40,73%) 6436 (3,34%)

Perguntas frequentes

Os dados foram extraídos a partir da base de dados da Comissão Nacional de Residência Médica, que reúne todos os programas de residência médica do Brasil.

Programas